O projeto “MygranTour: a European network of migrant driven intercultural routes to understand cultural diversity”

Migrantour: descobrir a riqueza das culturas nas nossas cidades

Migrantour – Mikaylo Roma Migrante
Migrantour – Mikaylo Roma Migrante

 

A migração internacional é cada vez mais caraterizada por traços transnacionais que criam ligações fortes entre lugares diferentes e culturas e que dão impacto, em particular, rotas e espaços da migração urbana. Em 2010 a partir desta observação, nasceu a ideia de promover uma forma responsável de turismo a quilómetro zero que vê como seus protagonistas, cidadãos de diferentes origens.

A ideia tornou-se realidade quando graças ao programa ‘’Agrobiodiversidade, culturas e desenvolvimento local’’ financiado pelo IFAD (O Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola) e apoiado pela Oxfam Itália e a ACRA o primeiro curso sobre ‘’companheiros interculturais’’ foi apresentado em Turim e apoiado pela Viaggi Solidali, o operador turístico para o turismo responsável que primeiro desenvolveu a ideia. Entre 2010 e os dias de hoje em Turim, Milão, Florença e Roma, mais de 11,000 pessoas, têm feito parte destes passeios – na sua grande maioria estudantes de escolas secundárias, mas igualmente alguns cidadãos curiosos, turistas, residentes locais, grupos e associações.

Devido ao sucesso e nível de interesse, nesta primeira fase e a replicação de experiências similares noutras cidades italianas e europeias, a Oxfam Italia, ACRA-CCS e Viaggi Solidali apoiaram o desenvolvimento da rede europeia de cidades migrantes unidas por um único Migrantour. O projeto permite a cidadãos europeus, italianos de antigas e novas gerações, turistas, estudantes e apenas curiosos descobrir, através das palavras dos migrantes, os muitos segredos – grandes e pequenos – desconhecidos para os nascidos e criados no local.

O projeto ‘’MygranTour: uma rede europeia do migrante impulsionando rotas interculturais para compreender a diversidade cultural’’ foi promovida pela Fondazione ACRA-CCS, Viaggi Solidali, Oxfam Italia, Marco Polo, Bastina Voyages (França), Periferies del Mon (Espanha), IMVF, Renovar a Mouraria (Portugal), Earth (Bélgica) e co-financiado pela União Europeia. Irão decorrer cursos e investigação sobre bairros multiculturais em nove cidades (Turim, Milão, Génova, Florença, Roma, Marselha, Paris, Valência e Lisboa). Novas visitas guiadas, workshops, visitas escolares e para cidadãos serão mapeados e serão comunicadas campanhas a nível local e internacional. Irá haver publicações celebrando as histórias e lugares nas cidades multiculturais e uma conferência final em Bruxelas.

 

O objetivo é ajudar na integração de cidadãos migrantes nas nove cidades participativas, construindo uma compreensão e respeito mútuos. O desenvolvimento de uma rede europeia é o meio para ampliar o impacto e garantir o aumento das boas práticas. Irá encontrar informação do projeto das nove cidades parceiras neste site. Existe, igualmente, uma opção para ‘’outras cidades’’ pois estamos a contar em conseguir estender a colaboração em mais cidades europeias e no resto do mundo! A ideia deste projeto foi igualmente concebido como forma de contribuir para uma fonte adicional de rendimento para pessoas com dificuldades, normalmente de países em desenvolvimento. Os guias não são, desta forma, licenciados, guias profissionais, mas acompanhantes interculturais, selecionados e treinados para orientar visitas educacionais sobre temas interculturais.

Migrantour – representantes nas associações senegalesas – Firenze Migranda
Migrantour – representantes nas associações senegalesas – Firenze Migranda

La proposta nasce anche per dare un’opportunità aggiuntiva di entrate economiche spesso a persone provenienti da paesi terzi con situazioni varie di difficoltà. Gli accompagnatori non sono quindi guide turistiche professionali con patentino ma accompagnatori interculturali selezionati e formati per gestire itinerari di tipo didattico-formativo sul tema dell’intercultura.

 

Os parceiros da Migrantour europeia em Turim
Os parceiros da Migrantour europeia em Turim

Da Mygrantour a Migrantour: My Gran Tour: a forma como cada um de nós viaja na nossa própria cidade, lugares e rotas que aumentam o nosso sentido de pertença no lugar que vivemos, que nos fazem sentir como o nosso lar.

 

Migrant… Tour: As rotas dos migrantes, passeios acompanhados pelos novos cidadãos, que nos leva à descoberta de bairros interculturais e cosmopolitas, descobrindo histórias e cantos secretos desconhecidos para muitos locais nascidos e criados no mesmo lugar.

Da Mygrantour à Migrantour: uma mudança de uma letra e no entanto, essa diferença pequena dispõe de uma grande, fascinante e absorvente viagem que nos leva ao primeiro momento em que imaginamos o passeio para hoje: viemos de muito longe. Um nome simples que se tornou num logotipo que encontrará no espaço virtual ao lado de nomes de cidades e migrantes. Irá ajudar a reconhecer rotas criadas e as pessoas que trabalham no dia-a-dia, para oferecer-lhe um passeio pela Migrantour urbana intercultural.

Aqui le video: PT; FR; ITA ; EN; SP
DESCUBRA TODAS AS CIDADES NO PROJETO
»