Milão


A tour migrante à descoberta de Milão

Ao longo da sua história, Milão tem sido uma cidade de imigração e o bastião para indivíduos e comunidades de várias origens. Na década de 80, a cidade foi o centro de migração proveniente do sul de Itália. Hoje em dia são vistas pessoas de centenas de nacionalidades diferentes a andar pelas suas ruas. É através deste aumento demográfico que o tamanho de Milão tem crescido de forma notável, tornando-se numa metrópole que se aproxima das dimensões de Roma. Podemos dizer com alguma fé que Milão foi feita por migrantes: os migrantes italianos de ontem e os migrantes estrangeiros de hoje!
Uma população urbana em crescimento é indicador não apenas de um crescimento e desenvolvimento, mas também de riqueza cultural! Ao caminhar por alguns lugares em Milão vai ficar surpreendido pela fusão de sabores, cheiros, sons e faces, todas elas diferentes, mas ao mesmo tempo familiares por estarem misturadas com as tradições milanesas.
Desta forma, desde 2011, a ViaggiSolidali e a Fondazione ACRA-CCS, em colaboração no terreno com a Mowgli, decidiram desenvolver rotas de turismo responsável através de duas áreas históricas relacionadas com a migração milanesa: Via Padova e Via Paolo Sarpi.

   

Tour

O passeio pela Via Padova começa na igreja de San Crisostomo
Passeio pela Via Padova, em alternativa a Villa Pallavicini
Via Paolo Sarpi - T'el chi Chinatown
Porta Venezia: De Os noivos ao Corno de África

Contactos

Viaggi Solidali: http://www.viaggisolidali.it

Fondazione ACRA-CCS: http://www.acraccs.org/index.php?lang=it

Telefone Viaggi Solidali: 011 4379468 

Telefone Fondazione ACRA-CCS: 02 27000291

E-mail: migrantour.milano@viaggisolidali.it